Diretoria do Vasco da Gama começa planejamento para 2018

Alguns casos de renovação que interessam a diretoria, são mais complexos já que são jogadores emprestados e o contrato depende de um acerto entre o Vasco com outros clubes, donos dos direitos econômicos.

Cada caso em detalhe

Sai: Rafael Marques, Eder Luis, Manga Escobar, Lucas Rocha, Thalles e Jomar

Os quatro primeiros têm seus contratos terminando neste mês. Apesar do Rafael Marques ter sido o mais aproveitado é provavél que ele não continue no clube. A intenção da diretoria é levar para o setor jogadores da base. – Ricardo, por exemplo, deve ganhar mais chances.

Thalles e Jomar tem situação diferente dos demais atletas citados, apesar de possuirem contrato com o clube estão fora dos planos. Além de ambos não agradarem na temporada, também não agradam no comportamento fora das quatro linhas.

Fica: Ramon e Breno

O Vasco já confirmou que vai renovar o contrato com o lateral esquerdo Ramon – Falta alguns detalhes burocráticos. Com isso, o atleta ficará por mais dois anos e ganhará um reajuste salarial previsto em contrato. Ele tem previsão de volta aos gramado em abril pois se recupera de uma lesão no joelho.

Breno já teve uma primeira conversa com a diretoria. Foi para o Vasco emprestado pelo São Paulo, mas o contrato no clube encerra em dezembro, assim como o empréstimo com o Cruz – Maltino.  Livre, ele encaminhou acerto com o clube carioca e deve fazer um contrato de longo prazo, com duração superior a dois anos. Também restam detalhes contratuais.

Quem pode ficar: Jean, Wellington, Paulão e Kelvin

Estes jogadores estão nos planos do Vasco, mas, como pertencem a outros clubes, têm a continuidade condicionada a um acerto entre diretorias.

Indefinidos: Gilberto e Marcelo Mattos

O Vasco ainda não decidiu se quer manter o lateral direito ou não. A situação não é simples, pois o jogador está emprestado pela Fiorentina, com opção de compra. O time está na indecisão porque ele começou bem a temporada, mas caiu de rendimento no fim do ano.

Marcelo Mattos ainda está lesionado, o clube teme dispensá-lo e ter problemas com a justiça por não renovar com um jogador que ainda se recupera de lesão, por isso o contrato pode ser renovado. Porém, o volante não está nos planos para o próximo ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *